07 junho, 2011

Terme di Caracalla, Musei Capitolini e Altare della Patria

12.05.2011
Dia cheio, como se vê pelo título do post.

Começamos o dia no Archeobus, que nos levou até o complexo arqueológico das Thermas de Caracalla. Esse complexo não consta dos locais obrigatórios a conhecer em Roma. Mas é. Obrigatório.

O local era uma academia / clube, que o Imperador Caracalla contruiu pra população ter onde tomar banho. Eram composta por uma piscina externa, e mais 3 "banhos" (natural, quente e gelado), que permitiam que em média 6.000 romanos se banhassem ao mesmo tempo. Além disso, o complexo tinha academia de ginástica e biblioteca, tudo público. Ficaram ativas até o século VI d.c., quando foi atacado pelos Ostrogodos, que cortaram o fornecimento de água da cidade.

Você fica ali, no meio daquela estrutura destruída, imaginando como era quando ativo. Os mosaicos, a grandiosidade da estrutura, são impressionantes. Vale o tour, reserve duas horas, pelo menos, de sua visita a Roma, para as Terme di Caracalla.


Depois das Thermas, subimos novamente no Archeobus, fizemos uma nova "panorâmica" das Catacumbas, Via Appia, Porta San Sebastiana, e de volta a Piazza Venezia, onde fomos ao Musei Capitolini, que fica em uma Piazza desenhada por Michelangelo, no alto do Morro Capitolio.

O Musei tem um acervo fantástico, e a estátua mais conhecida da famosa "Lupa" amamentando Romulo e Remo está aqui. Localização e acervo valem a pena.

Após a visita ao museu, subimos pela lateral da Piazza para o Terraço na parte de trás do "Altare della Patria", o famoso bolo de noiva de Roma, o monumento gigantesco e branco, que é visto de vários lugares da cidade. Ali, sentamos em um café com uma vista fantástica, para almoçarmos e descansarmos um pouco.

Em seguida, subimos com o Elevador Panorâmico, até o topo do monumento, onde há uma vista excepcional de Roma. Outro obrigatório, apesar de caro. $7 euros para subir de elevador...


0121

O Jantar do dia foi no "Fratelli La Bufala", um ristorante / pizzaria ótimo, vinho ótimo. E pertinho de "casa".

E mais um dia de Roma se foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário